Festas, férias e perda muscular

Com a chegada das festas de fim de ano e das férias escolares, muitos acabam diminuindo o treinamento, ou mesmo interrompendo-o completamente. Na área do Treinamento Esportivo, isso é denominado destreinamento. A pergunta que sempre fazemos nesse período é, “quanto perderemos de massa muscular?” Antes de mais nada é preciso que entendamos que a “perda muscular” nada mais é do que a diminuição do tamanho das fibras musculares, ou células musculares. A resposta para a pergunta acima não é simples, mas tentarei sintetizar aqui.

É fato que a interrupção dos treinos vai levar a perda de massa muscular, mas o quanto será perdido depende de diferentes variáveis, sendo as principais: (1) tempo de diminuição ou interrupção do treinamento; (2) tipo de treinamento que se realizava (e.g. atividades como corrida ou musculação); e (3) grau de treinamento da pessoa (e.g. praticante recreativo de academia ou atleta). Segundo os pesquisadores espanhóis Mujika e Padilla (2001), as perdas musculares são mínimas quando o período de interrupção do treinamento é pequeno. Ou seja, no caso de interrupção por um período de três semanas, há relatos de diminuição da célula muscular de aproximadamente 6%, principalmente em praticantes de musculação e atletas de esportes acíclicos, como o futebol. Porém, para aqueles que praticam apenas exercícios cíclicos (i.e. aeróbios), como corridas ou ciclismo, não se observou diminuição da célula muscular. Logicamente a permanência em inatividade por um longo período tem o seu preço, principalmente para atletas de força, como levantadores de peso e fisiculturistas. Após sete meses sem treino, esses atletas chegam a perder entre 10% a 30% da massa muscular, o que pode equivaler a diminuição de 6 cm da circunferência de braço em um praticante que tivesse 50 cm inicialmente.

Com relação à força, as perdas são praticamente insignificantes após curtos períodos de interrupção do treinamento (i.e. duas semanas). Entretanto, a partir de dois meses de interrupção desse, pode-se ter uma perda de 7% a 12% da força muscular.

Ganhar massa muscular e força não é uma tarefa fácil, sendo assim, vai aqui uma recomendação: aproveite o período das festas para descansar, mas não se esqueça de voltar às atividades o quanto antes! Quanto mais tempo em inatividade, maior a perda. 


Prof.Dr. Marco Carlos Uchida
Cuide da saúde com exercícios

PortalShop © 2018.